quarta-feira, 3 de agosto de 2016

Lei Maria da Penha também passa a valer para travestis e transexuais

bandeira-trans-pheeno-capaA Lei Maria da Penha, que completa 10 anos em agosto, promoveu avanços na legislação brasileira! O Conselho Nacional de Procuradores-Gerais passou a aplicar a legislação também para mulheres transexuais.
A lei define que: “Toda mulher – independente de classe, raça, etnia, orientação sexual, renda, cultura, nível educacional, idade e religião – goza dos direitos fundamentais inerentes à pessoa humana, sendo-lhe asseguradas as oportunidades e facilidades para viver sem violência, preservar sua saúde física e mental e seu aperfeiçoamento moral, intelectual e social”.
A determinação ainda inclui transgêneros que não passaram pela cirurgia de redesignação sexual, ou que não alteraram o nome ou sexo no registro civil.

Boate Pulse reabrirá como um memorial às vítimas de massacre

boate-pulse-memorial-pheeno-capaPalco do maior massacre da história dos EUA, a boate Pulse, na Flórida, vai reabrir como um memorial para as 49 vítimas que morreram no último dia 12 de junho. A revelação foi feita no Instagram da Fundação OnePulse, criada pelos donos do local para prestar assistência financeira às vítimas e contribuir para a criação de um memorial.
“Vocês ouviram direito! Nós reabriremos a Pulse como um memorial para as 49 vidas que foram tiradas de nós em 12 de junho”, diz a publicação feita no último domingo (30/07), que pede doações para cumprir os objetivos. Segundo o jornal local “Orland Sentinel”, a organização sem fins lucrativos foi registrada em 7 de junho, mas os documentos apresentados não especificavam o tipo de memorial que será construído nem se todo o local será transformado em um monumento às vítimas.

“Gays transam melhor que os héteros”, diz escritora pornô em livro sobre orgias

nalini-narayan-narra-suas-experiencias-como-praticante-de-sexo-grupal-no-livro-femea-alfa---diario-real-das-minhas-orgias-1469661748808_615x470
Sem papas na língua, a escritora carioca Nalini Narayan revela detalhes da sua vida sexual no recém-lançado “Fêmea Alfa – Diário Real das Minhas Orgias”, livro em que narra suas experiências como praticante de orgias. Nalini conta que chegou a fazer uma suruba com jogadores de futebol – alguns bissexuais – e que prefere transar com gays.

Nas páginas de seu livro, a escritora narra festas de todos os tipos, com homens, mulheres, gays, em clubes fechados, locais públicos e carros. Sem citar nome e comprometer ninguém, Nalini diz ter se divertido com muita gente famosa, artistas e jogadores de futebol. Para o portal UOL, a escritória conta detalhes da orgia com jogares de futebol em uma sauna gay de São Paulo!
“Bissexuais não assumidos por força da profissão”, afirma Nalini, se referindo aos atletas. “Tive que encarar o time inteiro”, conta. Segundo a escritória, os gays são os melhores na hora H! “Adoro transar com gays. Transam melhor que os heterossexuais, porque não têm frescura, é tudo liberado”, diz.
Apesar da vida sexual agitada, a escritora de 35 anos é casada há mais de uma década. “Meu marido não participa, mas depois conto tudo para ele”.

segunda-feira, 1 de agosto de 2016

Novo Super Homem é incrível frente e verso

O nome dele é Tyler Hoechlin e o rapaz é o mais novo Super Homem dos cinemas, sua estreia acontece em "Supergirl".

Excitante?, Lutador goza durante luta e causa polêmica

O que deveria ser uma simples luta acabou causando bastante burburinho, um lutador japonês acabou se animando mais do que deveria durante um campeonato de luta greco-romana.


Como resultado ele acabou deixando o tatame todo gozado e como a roupa de malha fina e tradicionalmente usada sem cueca não é nada discreta ele acabou atraindo todos os flashes.

Vídeo: O esporte que promete causar nas olimpíadas

Fiquem de olho nas competições de Wrestlers, pois eles tradicionalmente não usam cueca por baixo dessa roupa de malha, para não marcar!
               

quarta-feira, 27 de julho de 2016

Rodrigo Janot se posiciona contra exigência de cirurgia para alterar gênero em registro civil

Rodrigo Janot se posiciona contra exigência de cirurgia para alterar gênero em registro civil
Transexual recorreu ao Supremo para poder mudar documento sem cirurgia. 

Caso tem repercussão geral, e resultado orientará outros tribunais.
 
O procurador-geral da República,Rodrigo Janot, enviou parecer aoSupremo Tribunal Federal (STF) em que opina contra a necessidade de cirurgia para mudança de sexo para alterar o registro civil de transexuais. Ele também se manifestou contra a identificação, no documento, da condição biológica da pessoa ou da expressão "transexual".
 
O parecer foi enviado ao STF no início de julho para instruir uma ação apresentada em 2012 por um transexual que nasceu como mulher mas se identifica como homem. Ele diz que "desde tenra idade, teve predileção por brincadeiras típicas do gênero masculino, sentindo-se um homem e agindo como tal".
"Antes de completar cinco anos de idade, já possuía aparência de menino, tendo enfrentado inúmeros constrangimentos em virtude da inadequação de sua identidade biológica à sua condição psicológica, conhecida como transtorno de identidade sexual", diz a ação.
 
Na primeira instância da Justiça, ele obteve o direito de mudar o nome na identidade, mas não o gênero. Na segunda instância, o Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (TJ-RS) confirmou a decisão, e determinou a anotação do termo "transexual" no documento, de modo a permitir a "publicidade" e a "veracidade dos registros públicos".
 
No recurso apresentado ao STF, alegou "respeito à dignidade da pessoa humana e ao direito à felicidade".
Argumenta ainda que compete ao Estado "a tutela da intimidade dos transexuais, mediante a proteção das respectivas escolhas de vida contra o controle público e o estigma social, e constitui-se em dever fundamental a defesa da sua sexualidade, mostrando-se descabidos questionamentos acerca da existência de genitália adequada ao gênero exteriorizado".
 
Em seu parecer, Janot concordou com o pedido da ação e argumentou que exigir a mudança cirúrgica de sexo "viola o direito à saúde e à liberdade, e impossibilita que seja retratada a real identidade de gênero da pessoa trans, que é verificável por outros fatores, além do biológico".
 
"Não se afigura lógica nem razoável decisão que, de um lado, permite a alteração de antenome do recorrente, averbando antropônimo nitidamente masculino, e, de outro, insiste em manter, no assentamento civil do trans-homem que não se submeteu à neocolpovulvoplastia, a anotação do gênero feminino ou do termo 'transexual'", escreveu.
 
Como tem repercussão geral, o resultado do julgamento, ainda sem data para ocorrer, deverá orientar as demais instâncias judiciais. O relator do caso é o ministro Dias Toffoli.

Fonte: G1

Destruidora mesmo! Beyoncé lidera as indicações no VMA 2016; Confira lista completa

Destruidora mesmo! Beyoncé lidera as indicações no VMA 2016; Confira lista completaNa tarde desta terça (26), o Video Music Awards, uma das maiores premiações da música pop mundial, divulgou os indicados ao astronauta de prata deste ano.

 O grande sucesso de Lemonade, álbum visual da Beyoncé lançado este ano, foi reconhecido e está concorrendo em 11 categorias, fazendo da cantora a líder de indicações. Formation, o primeiro single do disco, concorre em seis categorias, incluindo Vídeo do Ano.
 
Atrás de Beyoncé, Adele concorre com oito indicações, sete para Hello e uma para o novo single, Send My Love. Drake completa o pódio com sete indicações, duas pela sua colaboração com Rihanna em Work.
 
VMA 216 vai acontecer no dia 28 de agosto em Nova York. Por enquanto, nenhum dos shows que acontecerão no evento foram divulgados. O apresentador deste ano também não foi revelado.